"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

sexta-feira, 6 de julho de 2018

“Anáforas”

Nos detalhes as palavras mudam todo seu sentido. Eu fico aqui nesse espelho procurando os nuances que vai mudar todo meu destino. A vida chega e escapa em um suspiro, eis o tempo que temos para descobrir nosso caminho. 


Anáforas” (18/05/2018)

Quando importar o que faço
Não me importará o tempo
Mas se me importo com o peso
Como hei de achar o que importa?

Não faz mais diferença a tristeza
Não é diferente de uma prisão
Pareço indiferente ao sonho
Sem saber o que difere a ação da esperança

Falo na procura de uma luz
Quando me calo também não acho
Digo mas nunca convenço
Escrevo para não ter que dizer adeus

Tudo que me resta é esse horizonte
Amargo tratar como resto a liberdade
Resta então o consolo do pensamento
Se isso é sobra, o que me é inteiro?

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário