"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Sobre Torcer

Hoje ocorre um fenômeno muito raro, infelizmente. A união de uma nação. As diferenças são colocadas de lado por uma paixão em comum, por um desejo, por um país. Veja que não é que todos passaram a se amar, se entender, ou concordar um com o outro. Simplesmente encontraram um objetivo maior que sua individualidade para se unir e lutar, e sofrer, juntos. Todos nós acreditamos em algo, todos nós temos uma ideia do que seria um país ideal para se viver, todos nós queríamos nossos problemas atendidos. Pois bem, que tal hoje servir de inspiração para todo resto. Que tal ao invés de gritar, de fechar os olhos ou tampar os ouvidos a gente converse com nossos pares, com nossos vizinhos, com os desconhecidos também. Eu sei, eu tenho absoluta certeza, que existem coisas em comum em todos nossos desejos para esta sociedade. Eu também sei que somente juntos nós podemos parar este país da mesma forma que vamos fazer hoje. Por mais improvável que lhe pareça, acredite em mim quando digo que a pessoa ao seu lado também quer o bem de todos e que existem muitas lutas que superam as nossas individualidades e pedem a nossa união. Estamos mergulhando de corpo e alma hoje, que façamos isso todos os dias. Inspire-se!



Dias de torcer, dias de jogar” (27/06/2018)

Eu ouço as primeiras cornetas do dia
Eu sei que da TV HD até o rádio de pilha
Todos estarão na mesma torcida

Não haverá credo, raça, classe
Como um dia desejou uma canção
Seria demais que eu desejasse
Todo dia este mesmo coração?

Juntos podemos até parar o mundo
O que faz soar como absurdo
Deixar nosso país quase moribundo

Olhe ao seu redor e olhe além
Sinta a força dessa voz
Nossa luta não pode ser aquém
A resposta está em todos nós

Se todo dia fosse jogo de seleção
Se dependesse de ti essa nação
Agiria unido pela mesma paixão?

Comemore, grite, liberte-se
Ao lado tu tens um ombro amigo
Amanhã lute, reivindique, inspire-se
Há uma sociedade que conta contigo

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário