"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

terça-feira, 17 de outubro de 2017

“Perdão” (06/08/2017)

Saiba meu amor que estou perdido quando teus olhos não encontram os meus, cabisbaixo em minhas próprias frustrações. Se tem algo que pode mudar é me dar mais teu colo e teu carinho, o eterno abrigo que protege meus sonhos adiados. Não me imagino possível longe do nosso lar, preciso de alguém que acredita em mim, que me aceita nas imperfeições, que me leva adiante. Estou tão longe de saber ao certo o que quero para minha vida, mas você meu bem, é o caminho. Eu que tanto prezo pelas palavras devo tomar cuidado para não esquecê-las em silêncio ou afiá-las na língua. Não me deixe fazer duvidar, você já é tudo que preciso. O choro é só um reequilíbrio, a vontade de ser melhor. Saiba meu amor que o que mais prezo são esses nós, os que construímos juntos, essa corda que não escapa. Meu começo e meu fim são teus braços. 

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Um comentário: