"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

sábado, 10 de dezembro de 2016

“Descarrego” (08/08/2016)

Estou precisando chorar
Minhas frustrações
Minhas mágoas
Minha incompetência
Minha inferioridade
Minha incapacidade
Meu vício
Minha solidão
Minha falta de vontade
Minha inércia
Meus pesos
Minha profunda, mas sincera, tristeza

A paz é uma mentira
O sorriso um desgastante disfarce

Eu só quero chorar
Encharcar a fronha
Vermelhar os olhos
Soluçar
Assoar o nariz
E não parar
Quero chorar até ter um fim

Não me pergunte razões
Não gaste teus consolos

Quero sofrer em silêncio
Mapear o caminho das lágrimas até o chão
Sentir meu rosto escorrido
Tomar espaço da escuridão
Despir minha alma
Envergonhar o sonho
Socar as paredes
Perder a voz
Em um segundo de liberdade....
Desistir do corpo, esquecer meu nome

Eu prometo voltar
Só me deixe chorar

Ass: Danilo Mendonça Martinho



Um comentário: