"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

quarta-feira, 19 de março de 2014

“Segunda a Segunda” (20/02/2014)

Tudo aqui é tão distante
Como se alma e corpo desencontrassem
Tua presença é mais viva
Logo após toda despedida
A vida não quer mais seguir assim
Mas não temos para onde ir
No momento nossa casa é apenas coração
Nossa conversa não é sentado à mesa
Nossa rotina não prevê encontro
Só que eu te vejo claramente
Mais real que esta folha de papel
E sorrio com uma felicidade pura
Até nosso silêncio se entende
Ao seu lado minha vida é daqui para frente
Tudo será ao seu tempo
Tudo será do nosso jeito
São dias longos não nego
São meus sonhos que me levam
Cada segunda que não te vejo
É apenas um dia a menos
Pois todos outros já são seus

Ass: Danilo Mendonça Martinho

5 comentários:

  1. Que baita declaração de amor.
    Eu não escreveria mais bonito.

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Como é bom passar por aqui e ser agraciada com doces palavras neste encontro de almas...

    Ana Cristina

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Como é bom passar por aqui e ser agraciada com doces palavras neste encontro de almas...

    Ana Cristina

    ResponderExcluir
  4. a voz ditando a poesia do cotidiano. Bravo!

    ResponderExcluir
  5. a voz ditando a poesia do cotidiano. bravo!

    ResponderExcluir