"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

segunda-feira, 16 de julho de 2012

“Preferências” (13/07/2012)

Tem gente que gosta de gesto
Evita dizer adeus
Cala com um beijo
Completa com o abraço
Traz flores e chocolates
Torna sagrado segurar-te a mão
Não olha para trás
Acaricia o rosto e foge com os dedos
Fecha os olhos e leva o sorriso
Uma alma profunda
Que não sabe pedir para ficar

Tem gente que gosta da palavra
Faz serenata na janela
Manda poesias por cartas
E sentimentalidades ao pé do ouvido
Faz de você todo vocabulário
Entrega seu bom dia e boa noite
Fala mais que pensa
Tem mais desculpas que verdades
Conhece as letras que doem
Sabe contar uma ilusão
Faz tudo soar como adeus
Uma alma imensa
Que não sabe voltar atrás

Não há muita diferença
Uns dizem eu te amo
Outros tem um silêncio que te arrasta

Ass: Danilo Mendonça Martinho

7 comentários:

  1. "Não há muita diferença
    Uns dizem eu te amo
    Outros tem um silêncio que te arrasta"

    Sábias palavras!

    ResponderExcluir
  2. Tem gente que simplesmente ilumina outros com a beleza do palavrear! Encantada!

    ResponderExcluir
  3. Entre silêncios e palavras o que importa são os que completam.

    ResponderExcluir
  4. Tem gente que gosta do amor. Talvez aí resida a diferença. E entre silenciar e dizer, não importa. O que importa mesmo é que ele esteja. E seja.

    Beijo poeta!

    ResponderExcluir
  5. E o modo escolhido é sempre o que mais toca!

    Abraços poeta!

    ResponderExcluir
  6. Lindo! As diferencias que nos tratam.
    Tem gente que gosta de escutar a voz do coração traduzida pelo olhar e os que só confiam se ouvir pronunciar.

    ResponderExcluir