quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

“Filosofia” (18/02/2012)

Poderia voltar a desenhar todo universo
Seria incapaz de dizer o que mudou
Uma parte de mim tomou vida
Mas ninguém consegue lembrar da tua ausência
Nem mesmo as fotografias lhe ignoraram
Só meu olhar te desviava
Levou-me a ti com calma
Deixou em paz tudo que não foi
Girou a moeda e aprendi a deixar partir
Sobrou-me a liberdade de caminhar só
Não sei exatamente quantos
Nenhum deles foi simples
Até que um dia acordou comigo
No canto da boca, discreto
Agora não sei o que nasceu primeiro
O sorriso no meu rosto
Ou você no meu coração
Os dois parecem uma parte eterna de mim

Ass: Danilo Mendonça Martinho

10 comentários:

  1. Belo! a parte mais linda e que me deixou com um sorriso no rosto foi: "Até que um dia acordou comigo
    No canto da boca, discreto
    Agora não sei o que nasceu primeiro
    O sorriso no meu rosto
    Ou você no meu coração
    Os dois parecem uma parte eterna de mim"
    \0
    Vc tem ótimos textos!

    ResponderExcluir
  2. Lindo, dói a partida, mas a liberdade de seguir sozinho dói menos do que uma ilusão.Bjos
    Luana Barcelos Dantas

    ResponderExcluir
  3. Para ser franca, sou uma eterna romântica, e este teu poema está uma doçura. Adoçou minha sexta-feira!
    Você escreve muito bem Danilo, ainda me pergunto o porquê ainda não tenho seu livro em minha prateleira. Uma pergunta que não quer calar: só vende pela internet? Estou pensando em pedir pra Saraiva adquirir uns exemplares seus aqui na Baixada Santista. Normalmente quando fazemos um pedido de um livro que eles ainda não têm na loja, eles compram exemplares e os colocam na prateleira.


    Beijo doce!
    Ótimo fim de semana a você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficaria feliz de vê-lo nas livrarias, mas acaba encarecendo um pouco o livro, por isso que optei pela divulgação do Agbook de forma independente.

      MAS querendo o livro, eu mando autografado, basta pedir no email: poetadacolina@gmail.com .

      Muito obrigado pelas palavras, e por acompanhar, são esses gestos que enchem a alma de qualquer um de vida. Obrigado.

      Excluir
  4. os dois combinaram pra nascerem juntos!
    bjs!

    ResponderExcluir
  5. E com certeza esses são os melhores sorrisos,aqueles que nascem no coração e vão percorrendo todo o corpo espalhando amor!
    Lindo post!abraço e uma semana bem linda,=)

    ResponderExcluir
  6. Deus criou os poetas para que mortais como eu possam alimentar a alma
    Martha

    ResponderExcluir
  7. O que eu li de mais bonito hoje:
    O sorriso no meu rosto
    Ou você no meu coração
    Os dois parecem uma parte eterna de mim.

    Seus poemas, como sempre, são um colírio para a alma. Lindo!

    ResponderExcluir