quinta-feira, 15 de setembro de 2011

“Acidente Geográfico” (15/08/2011)

Os passos são possíveis
Reais como apertar tua mão
Destrinchar as mexas dos teus olhos
Amaciar as maçãs
Carregar a lágrima
Admirar tua imensidão
Envolver um bater de coração
Sufocar todo medo
Versear em falso
Hesito ao pé do ouvido
O abismo é a palavra.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

7 comentários:

  1. O abismo onde caio, sempre caindo até morrer e adquirir silêncio"

    Lindo!

    ResponderExcluir
  2. O abismo é a palavra ou a falta dela.

    Obrigada, boa noite!

    ResponderExcluir
  3. Custumo dizer que tudo aquilo que eu calo é o que falo mais alto! Meu abismo é tudo aquilo que tenho medo de dizer! Gostei do texto!!!
    KANAAN

    ResponderExcluir
  4. Que bom que existem acidentes para colocarmos sentimentos em letras...

    Lindo, poeta!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  5. "O abismo é a palavra"
    Seus textos são extremamente lindos!
    Faz um bem enorme ler cada linha que você escreve.
    Estou seguindo. Beijos, Bia.

    ResponderExcluir
  6. E além do abismo, o princípio.

    Abraços

    ResponderExcluir