"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

sexta-feira, 22 de abril de 2011

“O outro lado do Desejo” (12/04/2011)

Nossa mente é uma fábrica de ideais. A maioria deles ligados a uma felicidade desconhecida, um sorriso permanente. A ilusão é tão forte que nos vemos invadidos por sentimentos que não aconteceram. Essas idéias são inevitáveis, plantadas e reproduzidas como um vírus, a imagem de uma vida muito melhor. Um sonho particular que parece estar atrás de toda janela, vivo em diferentes olhares. Nosso inconsciente toma conta e nos coloca em rumos repetidos onde ficamos aquém da nossa própria promessa. Assim nossa felicidade permanece estática, beirando nosso horizonte, resistindo ao nosso pedido para que nasça. O que nem sempre esperamos é que a vida nos escute.

Uma manhã a noticia te invade como a luz do dia. É fácil reconhecer o próprio sonho. A mistura de ansiedade e cautela. Os dissabores que vão dando lugar a tudo que é doce. A mente que abdica de tudo pela hora marcada. O passo ainda em dúvida caminha ao encontro e ali finalmente ao alcance de teus dedos, a prestar atenção em sua palavra, transformando esse mundo em lugar mais crível, tua felicidade. Ali do outro lado de tua alma o sorriso incondicional, a imaginação que funde com a realidade e uma incerteza irracional. O medo de estragar o desejo, questionando se merece tanto, pensando não ser capaz vivê-lo. O sonho é tão bom que parece não ser verdade. É assim que recebemos a felicidade, com descrédito. Como se fosse ela que tivesse que se provar.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

15 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Todo começo quebra uma promessa.
    Adorei, e é a pura verdade, quando a felicidade vem sempre sentimos medo de aquilo tudo não passar de um sonho. No fundo, somos todos uns desacreditados!

    ResponderExcluir
  3. E o que é a vida?
    Um recomeçar constante.
    Um cai, levanta sem dó!

    Adoro passar por aqui.

    Beijos pra ti
    ótima páscoa

    ResponderExcluir
  4. Usou-se tanto a frase, é muito bom pra ser verdade, que grudou no inconsciente coletivo.

    Feliz Páscoa

    Paz e Luz

    ResponderExcluir
  5. pois quando a felicidade me encontra, me faço merecedora... não corro o risco de indagar e ela ir embora.

    rsrs
    bjsmeus

    ResponderExcluir
  6. Sempre intenso e lindo...

    Somos essa intensidade!

    Beijos, querido!!

    ResponderExcluir
  7. Devemos dar o devido crédito à felicidade...

    ResponderExcluir
  8. Gosto de textos que me fazem refletir, e este fez... nem sempre conseguimos transformar sonhos em realidade, mas por vezes quando conseguimos, nem a percebemos em nós... eu sou do tipo que diz: eu era feliz e sabia...

    Abraços, poeta!

    ResponderExcluir
  9. Tem um convite pra você lá no Deslizes

    Meme Literário http://t.co/SIS3IEB

    Beijo grande ;)

    ResponderExcluir
  10. Um convite pra vc nos meus devaneios!
    Alias, agora meu e da Rosa!

    :)

    Beijo Poeta!

    ResponderExcluir
  11. Poeta, me aceita no twitter?
    @MhariliaFelix

    Bjos Grandes!

    ResponderExcluir
  12. Maravilhoso esse texto.
    Parabéns Poeta.

    ResponderExcluir