"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

segunda-feira, 28 de março de 2011

“Garoa” (20/03/2011)

Dorme comigo
Cadenciada e serena
Como a me ninar
Ao te ouvir
Cedo um sorriso
Sei, será breve
Por isso não te nego
Ter é uma ilusão
Entregar-se é comunhão
Somos uma intersecção
De caminhos independentes
A distância não importa
Se os encontros forem completos
Hoje veio me deitar
Abraçar-me em um sonho
Não veio matar saudade
Veio dizer que nunca partiu
Mesmo sem teu gosto
Mesmo sem teu cheiro
Sinto-te a flor da pele
Sussurrando segredos
Procurando por paz
Dou-te toda razão
Tu ponderas minha dor
Entende minha melancolia
Entrega-me outro horizonte
Lenta ou enfurecida
Deixa teu recado
Um verso em silêncio
Aqui sempre te encontro
Em um suspiro

Ass: Danilo Mendonça Martinho

11 comentários:

  1. Aqui sempre me encontro
    Em suspiros e sorrisos!

    Adoro esse Poeta!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. E num suspiro completo formam-se os desejos...

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Aqui sempre me encontro (..) Muito linda, adoro seus textos.

    ResponderExcluir
  4. Que encantador!
    Almas e encontros, suspiros e entrega.
    Lugar aqui pleno de sensibilidade!
    Bjo
    Fé Fraga.
    http://mefaltaumpedacoteu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá poeta!

    é uma mistura de dores e alegrias por aqui...
    incrivelmente lindo!

    esta parte: "Sei, será breve
    Por isso não te nego
    Ter é uma ilusão"

    li de coração na boca.


    Um beijo

    ResponderExcluir
  6. Muito bom! ;)
    E uma verdade foi dita: "Ter é uma ilusão"

    ResponderExcluir
  7. Li em algum lugar que um suspiro é uma forma de morte e agora em teus versos percebo que de fato pode ser. rs
    bacio

    ResponderExcluir
  8. A paz de estar com quem se ama é uma das coisas mais intensas que se senti na vida...
    bjs amore♥

    ResponderExcluir
  9. "A distância não importa
    Se os encontros forem completos." Ótima!

    ResponderExcluir