"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

“Contra Ponto” (30/09/2010)

Teu reflexo é meu todo
Assim que devo te julgar
Pela transparência da realidade
Bastaria um olhar direto
Seríamos corpos artificiais
Vamos manter as inocências
Puros seremos mais sinceros
Essências isoladas

Eu temo a palavra
Qualquer uma delas
O começo de nossos conceitos
Minutos até destruir o encanto
Satisfaço-me com o mistério
Na impossibilidade do encontro
Enamorar teu reflexo

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Um comentário:

  1. Alguns são, de antemão, o espelho de todos os que conhecem, cujos reflexos mostram o que virá com uma precisão perfeita.

    ResponderExcluir