"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

segunda-feira, 17 de maio de 2010

“Te quero” (11/05/2010)




Queria te traduzir
Nada superficial
Queria tua alma
Derramada no meu papel

Não quero teu sorriso
Teus olhos ou cabelos
Não quero tua beleza óbvia
Quero teu inconsciente
Teus desejos mais secretos
Os sonhos que jamais me contaria

É inegável nossa atração
Mas quero lhe tocar a distância
Com as palavras certas
A melodia omitida em teu corpo

Você não é dama
Da torre mais alta que encontrei
Você não é a donzela em perigo
Fugindo de dragões e reis

Você é real
Além de qualquer inspiração
Preciso de teus versos
Antes que se torne utopia

Quero teu coração
Para dar nome a meu poema
Quero tua mão
Para dar sentido a minha vida

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário