"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

quarta-feira, 26 de maio de 2010

“O Romântico no século XXI” (24/05/2010)




Sem papiros e penas
Sem armaduras e espadas
Sem odes ou tragédias
Despido de contexto
Caminho entre as frestas
Visito os desavisados
Desapareço em versos
Distante dos olhares
Posso ser livre
Dançar a luz do dia
Sorrir ao pôr-do-sol
Esquecer-me em teu imaginário
Perturbar teus sonhos
Atiçar tuas vontades
Tocar teu âmago
Construir minha presença
Na rotina da alegria
No caminho dos abraços
No inconsciente dos romances
No reflexo dos olhares
Que tentam me desvendar
Que às vezes me esquecem
Outras me ignoram
Desisto dos jogos
Abro o coração
Ofereço minha essência
Mostro meu rosto
Desenho o ponto final

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário