"Poeta da Colina - Um Romântico no Século XXI"

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

“Um Lugar”




O mundo gira de forma estranha
Não sei dizer se são os sonhos
Mas as sensações estão fora do lugar
Acho tudo isso desproposital
Atrapalharmos nossas mentes e corações
Mas sou confuso para ser claro
Cheio de condições para existir
Uma liberdade criada a muito custo
Desflagelada em uma única insanidade
Não sei mais ser estável
Sofro de labirintite de sentimentos
As vezes apaixonado
As vezes desesperado por um amor
As vezes livre e distante

Na próxima ponta do Sol
Terei de ser algo
E não nego minha preocupação
Quem serei aos olhos do amor?
Me perturba apenas...
Perder o que está ao alcance das mãos
Perder seja o que for é ruim
Até mesmo a razão
No fim talvez seja isso
Perceber demais os erros
No fundo o mundo gira muito bem
É provável embora inverificável
Que esteja onde deva estar.

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário