segunda-feira, 9 de março de 2009

"Romance do Século Passado"(08/03/2009)




Cavaleiros cruzando montanhas, campos abertos
Batalhas sem propósito
Cavaleiros invadindo castelos
Vencendo criaturas mitológicas
Fazendo serenatas.
Cavaleiros em guarda para todos os perigos
Buscando sempre a mais alta das torres
Vencendo os mais dementes vilões
Fazendo o que foi dito impossível.
Cavaleiros que são feridos, que caem no chão,
Que sangram, mas continuam a lutar.
Cavaleiros de um velho romance,
Que entre buscas e desencontros
Atravessaram mares atrás de uma única dama.

Corações conquistados aos olhares distantes,
Na relação julgada proibida.
Corações em eterna fuga pela felicidade,
Presos em angústia e negados pela sociedade.
Corações fortes o suficiente para vencer o tempo.
Corações do século passado
Que sangravam por um olhar recíproco.

Damas eternamente em perigo,
Mais fortes que um exército.
Damas que enfrentam reis e seus destinos.
Damas que aceitam sacrifícios, que abrem mão
Damas que jamais se dão por vencidas.
Damas de um sonho passado
Capazes de mover o mundo.

Sei que por estas ruas ainda andam estas damas,
Ainda sagram estes corações
Ainda lutam estes cavaleiros
Para nenhum deles é tarde demais
Ainda é tempo de romances

Ass: Danilo Mendonça Martinho

Um comentário: